Dobradeiras Híbridas G-BEND H

Dobradeiras de alta performance Híbrida.

Desenvolvida para atender aos mais altos padrões de qualidade,confiabilidade e produtividade.

Estrutura reforçada, com sistemas de compensações, sem soldas e pinada. Precisão e eficiência em todos os detalhes.

Dispositivos  como controle da espessura dos materiais, sistemas que fazem a compensação da estrutura durante a dobra , CNC intuitivo de fácil operação, 6 eixos, máquina sincronizada, pedaleira wi-fi, fixações das ferramentas que  garantem a otimização no setup e qualidade da dobra.

Conceito híbrido

A movimentação dos cilindros acontece por meio da combinação de 2 tecnologias: o sistema hidráulico convencional (bomba) é acionado por servo motores. Desta forma o sistema híbrido é mais rápido, preciso e mais silencioso.

O Consumo de energia acontece somente quando os servo motores acionam a bomba, ou seja, no momento da dobra. A economia é de até 60% se comparada às dobradeiras hidráulicas.



  • Simplicidade na operação

CNC , 21.5” widescreen ,touch screen com visualização em 3D,tornam a operação fácil e intuitiva.


  • Ergonômica e silenciosa

Área de trabalho agradável, respeitando a ergonomia e o nível de ruído bastante reduzido devido ao sistema híbrido.


  • Veloz e produtiva.

Eixos controlados, sensores de pressão, sistemas de compensações, sistema de troca rápida das ferramentas permitem agilidade nos setups.

  • Sistemas de compensações estruturais

Sensores de pressão em conjunto com a bombatura fazem a leitura e a compensação da deformação estrutural em tempo real, durante cada dobra, garantindo ângulo e grau constantes desde a primeira dobra e em toda a extensão da peça.


  • Controle dinâmico de espessura e carga.

A cada dobra a máquina faz a leitura da real espessura e resistência da chapa, e assim garante o ângulo constante e aplica somente a força necessária para realização da dobra.

  • Flexibilidade nas aplicações.

Configurada com 6 eixos controlados pelo CNC, permite o posicionamento em automático, possibilitando váriações de posicionamento e nas dobras.




    CNC ESA S675

    CARACTERÍSTICAS GERAIS

    • Display gráfco 21.5” widescreen  

    •  Gerenciamento de até 12 eixos + bombatura e sensores.

    • Multi touch capacitivo

    • Predisposição para teclado PC standard e mouse.

    • Osciloscópio integrado.

    • Visualização da sequência de dobras 3D.

    • Sistema operacional Windows 10 Professional.

    • Total integração com os maiores CAD-CAM do mercado.

    • Monitoramento rápido anticolisão.

    • Cálculo automático dos parâmetros de dobra.

    • Gestão de alarmes personalizáveis.


    Mecânica Gasmec 4 eixos (X, R, Z1 e Z2)

    Mecânica Gasmec 4 eixos X , R , Z¹ e Z² (profundidade, altura e lateral),  o deslocamento dos topes é geridos pelo CNC.

    Composta por 2 topes montados sobre guias lineares e servocontroladas.

    Os eixos Z1-Z2,  podem ser movidos lateralmente para facilitar o posicionamento de peças de diferentes comprimentos ou ao trabalhar em estações variadas.

    O acionamento é feito através de servomotores, garantia de precisão e menor ruído.



    Fixação Superior Manual Rápido

    Sistema de fixação manual rápido com inserção frontal das ferramentas e auto alinhamento do punção. 

    Aperto de apenas um parafuso por intermediário com 1/4 de volta.

    Permite que o conjunto das ferramentas seja ajustado em um tempo muito curto, otimizando o setup.

    Fixação Inferior com bloqueio pneumático

    Fixação pneumática das matrizes para mesas autocentradas.

    Fixação superior manual com reforço estrutural (Masselo)

    Fixação superior manual com reforço estrutural (Masselo).

    Essa fixação utiliza um inserto enrijecido usado para suportar cargas até 220 ton/m, o qual visa proteger a travessa superior contra deformações causadas pelo impacto das ferramentas superiores. Em sua configuração padrão acompanha um adaptador para ferramentas Promecam.

    Para máquinas a partir de 330t.

    Controle Dinâmico de Carga

    Sistema de controle e medição da resistência das chapas a serem dobradas.

    Permite identificar a real resistência da chapa, garantindo com que a máquina aplique a força adequada para a realização da dobra.

    Evita danos nas ferramentas.

    Controle Dinâmico de Espessura

    Sistema de controle e medição da espessura das chapas a serem dobradas, que ocorre simultaneamente a cada dobra.

    Permite identificar a real espessura da chapam, garantindo o constante ângulo de dobra independente de pequenas variações no material, provenientes principalmente de diferentes lotes e tolerâncias de fabricação.

    Iluminação da área de trabalho

    Iluminação da área de trabalho e iluminação interna.

    Pedaleira Wi-fi

    Mobilidade.

    Sem manutenção com cabos.

    Baterias de longa duração.

    Acompanha 2 baterias recarregáveis.

    Carregamento na própria máquina.

    Suporte Frontal Deslizante

    Suporte frontal deslizante para apoio de chapas, com regulagem de altura e movimentação manual.

    Cada par suporte chapas de até 120kg.

    NR-12

    As máquinas são configuradas com dispositivos de monitoramentos por feixes de laser, além de todos os ítens exigidos pela NR-12: válvulas monitoradas, barreira traseira (portão traseiro), portões laterais com sensores magnéticos, pedaleira, botões de emergência, régua óptica e CLP de segurança.

    Todas as máquinas GDB são fabricadas de acordo com as atuais normas de segurança NR-12. Porém, antes do fechamento do negócio, o cliente deverá consultar o Técnico de Segurança ou CIPA de sua empresa sobre eventuais modificações nos itens de segurança dedicados ao processo de trabalho. Após a fabricação, eventuais adequações deverão ser providenciadas pelo cliente, às suas expensas.


Compensação estrutural - REFLEX

Sistema de controle e medição das flexões laterais existentes na estrutura da máquina.

Garante a execução de qualquer dobra do mesmo material com ângulo constante, independente do comprimento da peça.


Compensação da flexão - DEFLEX

Sistema de controle e medição das flexões das travessas superior e inferior da máquina, através de sensores eletrônicos de carga, que medem o quanto de deformação ocorre em cada travessa durante o processo de dobra, compensando-as de maneira dinâmica, garantindo o mesmo grau em toda a extensão da peça.






    Mecânica Gasmec 6 eixos

    Mecânica Gasmec 6 eixos X , R , Z¹ , Z², X5 e X6 (profundidade, altura , lateral) ,  o deslocamento dos topes é geridos pelo CNC.

    Composta por 2 topes montados sobre guias lineares e servo controladas.

    Os eixos Z1-Z2,  podem ser movidos lateralmente para facilitar o posicionamento de peças de diferentes comprimentos ou ao trabalhar em estações variadas.

    Os eixos X5 e X6 movimentam-se no sentido da profundidade e de forma oblíquoa para dobras cônicas.

    O acionamento é feito através de servomotores, garantia de precisão e menor ruído.

    Mecânica ATF 7 eixos

    Mecânica Gasmec 6 eixos X , R , Z¹ , Z², X5 e X6 (profundidade, lateral, altura) ,  o deslocamento dos topes é geridos pelo CNC.

    Composta por 2 topes robustos montados sobre guias lineares,  servo controladas no modelo de torres independentes.

    Os eixos Z1-Z2,  podem ser movidos lateralmente para facilitar o posicionamento de peças de diferentes comprimentos ou ao trabalhar em estações variadas.

    Os eixos X1 e X2 movimentam-se no sentido da profundidade e de forma oblíquoa para dobras cônicas.

    E os eixos R1 e R2 tem movimentos no sentido da altura e tem movimentos independentes.

    Mecânica M9

    Mecânica estudada e desenvolvida especialmente para dobra de postes/colunas cilíndricas ou cônicas de grandes dimensões.
    Movimentações dos eixos independentes.



    Fixação pneumática superior

    O bloqueio das ferramentas é feito por meio de acionamento pneumático e com alinhamento automático do centro.

    As ferramentas são inseridas e retiradas frontalmente, de forma muito simples apenas apertando o botão de acionamento.

    Reduz notavelmente o tempo de setup de máquina e proporciona agilidade na produção.

    Altura dos intermediários = 110 mm

    Fixação Hidráulica Superior

    Fixação hidráulica dos punções com junção central para máquinas de grandes dimensões.


    Instalado diretamente na travessa superior, em máquinas de grandes tonelagens ou com ferramentas longas.


    Altura dos intermediários = 110 mm

    Fixação Hidráulica Inferior

    Fixação hidráulica das matrizes para mesas em versões especiais.

    Suporte frontal pneumático - SDP

    Suporte frontal pneumático, deslizante em todo o comprimento da máquina, subida pneumática do plano de trabalho para processamentos com matriz de amassamento.

    Cada par suporta chapas de até 60 kg.



    Acompanhador de chapas elétrico

    Permitem o processamento chapas de médias e grandes dimensões.


    São geridos pelo CNC , perfeitamente sincronizados com os eixos de dobra (Y1 e Y2) e suportam a chapa durante o processo de dobra


    Cada par de acompanhadores suporta chapas de até 300 kg (150 kg por acompanhador).

    Sistema de controle de ângulo Laser Check

    Este sistema possibilita uma determinação exata do ângulo de flexão com um alto nível de precisão, para cada passo de dobra independente das propriedades ou da espessura do material, o sistema trabalha fazendo a leitura sem nenhum tipo de contato físico.
    O processo é garantido através da comparação do ângulo real medido pelo par de lasers que compõe o sistema com o valor calculado pelo controle numérico, sendo que a correção é feita de forma ativa durante o processo de dobra.


    Smart Bend

    O Banco de dados inteligente, permite que as correções de ângulo feitas em determinadas espessuras ou para certas ferramentas sejam aprendidas pela máquina que as utilizará no futuro como pontos chave para a interpolação e criação de correções automáticas para matrizes danificadas ou gastas e materiais com erros conhecidos. A máquina passa a aprender com o operador, facilitando o seu trabalho e auxiliando com os cálculos automáticos para futuras correções.


    Bancadas especiais

    Desenvolvemos bancadas especiais, que possibilitam a utilização de diversos tipos de matrizes.
    Projetos desenvolvidos de acordo com o estudo do cliente.




    ,

    Tandem

    Prensas dobradeiras combinadas com operação única ou simultânea.

    Projetamos tandem com máquinas de diferentes comprimentos e tonelagens para as linhas G-BEND e DBR.


    ,

Sistema laser frontal

Monitora de maneira continua a área de dobra, sendo que quando obstruído promove a parada imediata do avental superior, sendo que este movimento é reativado em velocidade lenta pressionado novamente o pedal de descida.

Portões laterais monitorados

Quando um deles é aberto, promove a parada imediata do avental superior, sendo que este movimento é reativado em velocidade lenta quando pressionado novamente o pedal de descida. Quando ambos os portões são abertos o movimento de descida do avental superior é inibido, e o sistema de segurança principal entra em condição de emergência, sendo que deve ser reativado através do botão de reset geral.

Sensores magnéticos

Sensores localizados nos portões laterais e nos calços de segurança, tendo a função de informar de maneira redundante ao CLP de segurança o status destes dispositivos. Quando ativos, o sistema de segurança principal entra em condição de emergência, sendo que deve ser reativado através do botão de reset geral.

Régua óptica

Tem a função de informar ao CNC o real posicionamento do avental superior, bem como informar ao CLP de segurança os parâmetros necessários para que seja feito o monitoramento do nível de escorregamento da máquina, medido durante o teste automático de parada.

Válvulas monitoradas

Seu sinal monitorado trabalha de maneira contraria ao acionamento da válvula, tendo a função de informar de maneira continua ao CLP de segurança o status das válvulas, prevenindo contra acionamentos involuntários ou falhas de componentes de comando.

Pedaleira de segurança

Pedaleira de segurança composta por botão de emergência, botão de reset geral, pedal de subida e pedal de descida com 3 posições de comando, sendo elas parada, operando e parada de emergência.

Botões de reset

Reset traseiro - tem a função de reativar o sistema de proteção traseiro (barreira - portão).

Reset Geral - tem a função de reativar o sistema de segurança principal após alguma situação de emergência.

Botões de emergência

Dispositivos localizados de maneira estratégica nos pontos críticos da máquina, promovendo a parada imediata de todos os movimentos da máquina quando acionados, sendo que deve ser reativado através de botão de reset geral.

CLP de segurança

Tem a funcionalidade principal de gerenciar de maneira inteligente a rotina de segurança da máquina, interpretando sinais provenientes dos sensores e dispositivos de segurança instalados nos pontos críticos da mesma. Trabalha em conjunto com o CNC, enviando e recebendo sinais de controle de maneira redundante e em cada ciclo de dobra.

Botões de emergência

A guilhotina é equipada com botões de emergência, colocados tanto no painel de comando principal como sobre cada pedaleira e no CNC. Apertando qualquer destes botões provoca-se a parada imediata da descida da travessa móvel bem como da mecânica traseira. O circuito de emergência é monitorado por relé de segurança categoria 4 conforme norma de segurança NR12. A ativação da parada de emergência é sinalizada pelo botão luminoso azul “reset” localizado na lateral frontal do armário elétrico. O reset do modo de emergência se obtém apertando este botão após terem sido liberados todos os botões de emergência. Em seguida deve-se religar a bomba.

Aeroespacial - G-BEND
Elevadores - G-BEND
Gôndolas - G-BEND
Implementos Rodoviários - G-BEND
Mobília de aço - G-BEND

Fale conosco sobre este produto